• Livros Vikings

OS ASSENTAMENTOS VIKINGS DENTRO E FORA DA ESCANDINÁVIA

Os nórdicos deixaram a sua marca no Norte, no restante da Europa e além. Conheça conosco os assentamentos vikings mais famosos.



Graças, em parte às séries de TV, a cultura Viking nunca esteve tão popular. Enquanto as cenas de batalha são principalmente fantasiosas, a curiosidade quanto ao dia a dia dos vikings só aumenta.


Como podemos saber sobre os assentamentos vikings? Onde eles estavam, quem morava lá, e eles ainda existem? Essas são algumas das perguntas mais frequentes, as quais ajudaram na formação deste artigo. Aproveite!


Além das comunidades agrícolas, as primeiras cidades foram construídas principalmente para o comércio, que seriam parte mercados e parte pontos para importação e exportação.


Quem viveu nessas comunidades?

Homens, mulheres e crianças viviam em assentamentos por toda a Escandinávia. Normalmente, estes eram ao longo da costa ou dos fiordes, pois são as regiões onde a terra é mais adequada à agricultura, além de oferecer boas oportunidades de pesca e de transporte.


Enquanto os assentamentos na Escandinávia foram tipicamente focados na agricultura, os locais fundados durante a expansão pareciam bastante diferentes. Pensa-se que os colonos das Ilhas Britânicas (mais sobre isso depois) eram principalmente do sexo masculino. No entanto, alguns túmulos mostram uma distribuição quase igualitária de homens e mulheres.


Parte dessa discordância se deve aos estudos arqueológicos mais antigos, que adivinhavam o gênero com base nos artefatos funerários. Em contraste, as técnicas modernas usam análises de osteologia e de isótopos.


Mais informações podem ser encontradas nos registros de um cemitério da época na Ilha de Man. A maioria dos homens tinha nomes de origem nórdica, enquanto as mulheres tinham nomes indígenas. No entanto, mulheres irlandesas e britânicas foram mencionadas nos textos antigos sobre a fundação da Islândia.


Apoie a Livros Vikings, saiba como...


Isso indica que esses exploradores vikings viajavam com mulheres das Ilhas Britânicas, talvez voluntariamente, talvez não. Estudos genéticos da população das Ilhas Ocidentais e da Ilha de Skye mostram que os assentamentos vikings foram estabelecidos principalmente pelos homens vikings.



Obviamente, no início da Idade Média, não havia uma distinção clara entre o que é hoje a Noruega, a Dinamarca e a Suécia. Porém, começamos a nossa turnê pelas comunidades vikings, observando os países modernos, a fim de manter as coisas mais inteligíveis.


Assentamentos vikings na Noruega

Em nosso tour pelos assentamentos mais famosos, começaremos pela Noruega. A deles ficava ao longo da costa oeste, cheia de fiordes. Isso proporcionava fácil acesso ao transporte, pesca e as terras agrícolas. Todavia, havia também pequenas fazendas e aldeias por todo o país.


Avaldsnes

Na costa oeste da Noruega, Avaldsnes era o lar do primeiro rei viking da Noruega, Harald Hårfagre (Harald Fairhair em inglês ou Haroldo, Cabelo Belo em português). Acredita-se que ele seja a primeira pessoa a unir os reinos da Noruega sob única coroa.


Hoje, a área abriga o Centro Histórico de Nordvegen e uma Vila Viking. O museu explica a importância de Avaldsnes no comércio durante a Era Viking e como o assentamento cresceu.


O museu recebeu o nome de The Northern Way (nordvegen), do qual a Noruega leva seu nome. O nome se referia às rotas marítimas e comerciais, das quais o estreito de Karmsund, em Avaldsnes, era parte importante. Enquanto isso, os atores da Vila Viking ao ar livre, dão vida a essas histórias.


Lofoten

As espetaculares ilhas Lofoten da Noruega foram dominadas por alguns chefes vikings. Há evidências de assentamentos nas ilhas. O mais conhecido é o de Borg, na ilha de Vestvågøy, lar do maior Grande Salão da Era Viking já descoberto, e conta uma história de riqueza e poder. Hoje, o Grande Salão foi reconstruído no museu Lofotr em Borg, oferecendo aos visitantes um vislumbre da época. Com uma bela vista, o Grande Salão recebe banquetes noturnos e um festival viking anual.


Borre

É outro site importante da Noruega. Os túmulos de Borre são evidências de um assentamento significativo no sudeste da Noruega, perto do Oslofjord. Hoje, o Midgard Viking Center é uma atração turística popular. De fato, grande parte da terceira temporada de Norsemen foi filmada dentro e ao redor da reconstrução do Grande Salão.


A área ganhou fama mundial em 2019, quando outro enterro em Navio Viking foi descoberto. "Isso contribuiu para fortalecer nossa própria identidade histórica", disse o prefeito do condado de Vestfold (agora Vestfold og Telemark) na época.


“Não é todo dia que encontramos um novo Navio Viking, então isso é realmente emocionante. Mas para nós em Vestfold não foi nenhuma surpresa. Existem muitos tesouros da Era Viking escondidos no território do nosso país”, acrescentou.


Outros sites notáveis na Noruega

Outra "vila viking" da Noruega, Njardarheimr é uma recriação fictícia de um assentamento. Localizado em Gudvangen, na costa do Nærøyfjord, fica aberto aos visitantes durante a alta temporada.


Popular devido à sua localização na r rota de ferry de Flåm a Gudvangen, o local abriga encenações, um mercado e muito para comer e beber.


LEIA TAMBÉM: VILA VIKING BRASIL, UM ASSENTAMENTO VIKING EM SÃO PAULO


O Oslofjord era um local popular para os assentamentos vikings. Juntamente com Borre (acima), acredita-se que o Kaupang tenha sido um dos mais importantes centros de atividade comercial durante a Era Viking. No entanto, o assentamento provavelmente foi abandonado em algum momento do Século X.


Embora não seja um assentamento, o Museu do Navio Viking de Oslo contém três navios Vikings genuínos que foram escavados em assentamentos ao longo do Oslofjord.


Assentamentos vikings na Dinamarca

As descobertas arqueológicas nos mostraram o quão importante a Dinamarca foi durante o período.


Ribe

Acredita-se que Ribe seja a cidade mais antiga da Dinamarca. Além disso, os historiadores acreditavam que Ribe desempenhava um papel importante durante a Era Viking. Essas suposições foram confirmadas por uma série de escavações.


Entre outras coisas, as descobertas feitas em Ribe provam que a cerâmica era fabricada na Dinamarca 500 anos antes do que se pensava anteriormente. A descoberta de restos de lúpulo também pode mudar a nossa compreensão sobre quando os dinamarqueses começaram a fabricar cerveja.


O Ribe Viking Center abriga edifícios reconstruídos para dar uma impressão de como era a vida na ilha há mais de 1.000 anos atrás. Essas reconstruções foram criadas em colaboração com arqueólogos, a fim de garantir a precisão sempre que possível. Aberto durante o verão, o centro abriga arco e flecha, esculturas de madeira, mercado, show de falcoaria e até “treinamento de guerreiros” para crianças.


Na cidade moderna de Ribe, o museu Ribes Vikinger conta as histórias do período, mas também da Idade Média.


Jelling

Lar de algumas das pedras mais famosas do mundo, Jelling é uma visita obrigatória para os amantes da história. Incluído na lista de Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1994, Jelling abriga dois poderosos túmulos, que acreditamos serem de Gorm, o Velho e Haroldo, Dente Azul (Harold Bluetooth).


Cheio de efeitos especiais e interações, o centro de experiências de Jelling é uma das atrações vikings mais visitadas da Escandinávia.


Hedeby/Haithabu

Localizado ao sul da moderna fronteira com a Alemanha, Hedeby era considerado um dos maiores assentamentos vikings. Durante o Século X, um viajante o descreveu como: "uma cidade muito grande no fim do mundo".


A cidade fazia parte do Danevirke, um muro defensivo de 30 km que se estendia leste-oeste através da península da Jutlândia. Achados arqueológicos recentes sugerem que o muro existia antes do início da Era Viking.


A área foi cedida pela Dinamarca à Alemanha no Século XIX. Hoje, um museu e um punhado de edifícios reconstruídos marcam o local deste importante assentamento.


Assentamentos vikings na Suécia

A Suécia moderna tem a maioria das pedras vikings restantes, além de evidências de assentamentos significativos.


Uppåkra

As escavações mostram que Uppåkra esteve entre as maiores e mais ricas cidades da Era Viking. Sua fundação provavelmente ocorreu vários séculos antes, possivelmente em 100 a.C.


Levantamentos arqueológicos de 1934 descobriram assentamentos desde da Idade do Bronze à do Ferro. Mais recentemente, 30.000 objetos de ouro, prata e bronze foram descobertos, contando muitas histórias sobre a região. O artesanato avançado indica que houve comércio significativo com a Europa antiga e o Oriente Médio.


Uppsala

As cenas da série Vikings ambientadas em Uppsala são chocantes, mas não são inteiramente fictícias. O assentamento, agora Gamla Uppsala (Old Uppsala), ao norte de Estocolmo, serviu como centro da sociedade por centenas de anos, antes e durante a Era Viking.


Uppsala era o local de uma assembleia geral e de um grande mercado, realizados anualmente no início da primavera, desde os tempos pré-históricos até a Idade Média. Fontes escritas afirmam que essas reuniões foram usadas para decidir planos de guerra. Também acontecia uma celebração religiosa nórdica chamada Dísablót, que poderia envolver sacrifícios.


A área é rica em restos arqueológicos, muitos dos quais estão em exibição e descritos no museu Gamla Uppsala. Enquanto fontes afirmam que a área abrigava um templo pagão, há poucas evidências arqueológicas do momento.


Assentamentos vikings na Islândia

Embora haja alguma evidência arqueológica de colonização pré-nórdica, a Islândia foi realmente colonizada pelos nórdicos da Noruega moderna.


Fontes escritas apontam Ingólfr Arnarson como o primeiro colono, às vezes por volta do ano 874 d.C. As evidências arqueológicas concordam que a colonização em massa começou por volta dessa época e aconteceu rapidamente. Como mencionado anteriormente, rastros genéticos sugerem que os viajantes também chegavam da Irlanda, Escócia e de outros lugares da Escandinávia.


Evidências para o estabelecimento antecipado foram descobertas em muitas partes da Islândia, inclusive no coração da capital moderna, Reykjavík. Enquanto isso, a recente escavação em Stöð é um excelente exemplo de quanto ainda resta a saber. A análise sugere que construções no leste da Islândia são anteriores à Era Viking.


Como em muitos outros lugares, as várias comunidades isoladas se reuníam em uma “coisa” ou assembleia geral. A Althing islandesa estava localizada no que hoje é o Parque Nacional Thingvellir. A assembleia anual durava cerca de duas semanas e era realizada em Lögberg (Law Rock) e em Lögrétta (Conselho de Direito).


Assentamentos viking no Reino Unido e Irlanda

As Ilhas Britânicas foram um dos primeiros alvos dos exploradores vikings. De fato, o ataque a Lindisfarne é frequentemente percebido como o início da Era Viking.


Os migrantes nórdicos se estabeleceram em muitas ilhas que agora fazem parte da Escócia, incluindo Shetland e Hébridas. Como estava mais perto da Escandinávia, Shetland atraiu famílias em vez de apenas colonos que eram atraídos por assentamentos fronteiríssos em outros lugares.


Durante partes dos Séculos IX e X, Danelaw e Jórvik foram grandes regiões nórdicas no Reino Unido. O período foi marcado por muitas batalhas e lutas por poder contra os anglo-saxões.


A York moderna era uma fortaleza viking ao norte. Diz-se que foi capturada em 866 por Ivar, o Desossado. Os cronistas anglo-saxões apelidaram os invasores de "O Grande Exército Pagão". A história é recontada no Jorvik Viking Center, em York.


Os nomes de lugares nórdicos podem ser encontrados em todo o Reino Unido, mas especialmente dentro e ao redor de Yorkshire. Muitos lugares com sufixo como -thorpe, -toft, -ness, -by e -kirk provavelmente têm origem nórdica.


Assentamentos vikings em outras partes do mundo

Os nórdicos foram ativos em toda a Europa no Século IX. Eles invadiram cidades francesas, incluindo Nantes, Paris, Limoges, Orleans, Tours e Nimes. Em 844, os vikings invadiram a Sevilha controlada pelos árabes na Espanha moderna, antes de ingressarem a Pisa na Itália moderna, 15 anos depois.


Não clique neste link: https://cutt.ly/Iy6FNNX


Tão frequentes foram os ataques no norte da França, que o rei franco ocidental concedeu aos Vikings terras por meio de um tratado. Isso se tornou a Normandia (terra dos nórdicos).


Durante o Século IX, os noruegueses começaram a colonizar a Islândia. Em algum momento antes do final do Século X, a expansão continuou a oeste da Groenlândia. Segundo as sagas, Leif Erikson liderou a expansão da Groenlândia e se tornou o primeiro europeu a descobrir a América. No entanto, além do assentamento temporário em L'Anse aux Meadows na Terra Nova de hoje, há poucas evidências de uma presença viking significativa na América do Norte.


E Kattegat?

Alguns de vocês podem estar se perguntando sobre a Kattegat da série Vikings. Embora tenha sido filmada na Irlanda e dito estar no sul da Noruega, o local nunca foi um assentamento viking. Kattegat é o nome de um estreito na costa da Dinamarca, que liga o mar Báltico ao estreito de Skagerrak, o qual, por sua vez, leva ao mar do Norte.


FONTE: Life in Norway

NIKEL, David. Viking Settlements in Scandinavia and Beyond. Life in Norway. Oslo, 17 de jun. de 2020, Disponível em: <https://www.lifeinnorway.net/viking-settlements/>. Acesso em: 17 de jun. de 2020. (Livremente traduzido pela Livros Vikings).


Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Viking, assinando a nossa Newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp... Siga-nos nas Redes Sociais.


#viking #vikings #eraviking #medieval #assentamentoviking #vikingsettlement #escandinavia #noruega #vikingsnoruegueses #livrosvikings


Parceiros:

Modelo Design é parceira da Livros Vikings
Denis Matyis é parceiro da Livros Vikings
Vila Viking Brasil é parceira da Livros Vikings
Walfenda é parceira da Livros Vikings
Hidromel Yggdrasill é parceira da Livros Vikings
O Mercado Viking é um parceiro Livros Vikings
UNIP Ourinhos é parceira da Livros Vkings
Nórdicos Estradeiros são um parceiro Livros Vikings

LIVROS VIKINGS

Av. Paulista 171, 4º andar, Bela Vista, São Paulo-SP, 01310-000

CNPJ: 35.663.864/0001-78 · IE: 128201172111

Prazo máximo de entrega: 30 dias (Brasil)

WhatsApp: +55 (11) 9-8263-4066

© 2019 por LIVROS VIKINGS. Orgulhosamente criado pela LV-SVO

Código de Defesa do Consumidor

  • RSS Livros Vikings
  • Spotify Livros Vikings
  • Deezer Livros Vikings
  • Facebook/livrosvikings
  • Instagram/livrosvikings
  • WhatsApp Livros Vikings
  • Livros Vikings no Google
  • Skoob Livros Vikings
  • Youtube Livros Vikings
  • LinkedIn Livros Vikings
0