• Livros Vikings

O QUE OS VIKINGS VESTIAM?

Existia moda na Era Viking? Que tipo de roupa os vikings usavam? Como eles viviam e suportavam ambientes tão duros, muito antes dos tecidos e dos cortes modernos?

FONTE: Life in Norway

Reunimos pistas das sagas e evidências arqueológicas para fazer um guia de roupas vikings, porém, esse tema ainda é um mistério, que não poderá ser definitivamente respondido. No entanto, este artigo reúne o que é conhecido sobre as roupas vikings. Como é possível saber algo sobre as roupas vikings? Sabemos pouquíssimo, pois há evidências arqueológicas limitadas. Na maioria das circunstâncias, os materiais e tecidos não preservam muito bem. Quando os fragmentos são recuperados, eles geralmente são muito pequenos e frequentemente danificados. Ainda assim, podemos extrair evidências escritas, a exemplo das sagas nórdicas, e juntamente com as evidências arqueológicas, criar uma imagem mais precisa das roupas vikings.

FONTE: Life in Norway

A influência do meio ambiente Durante a era viking, o ambiente era frio, severo e implacável. São essas condições que naturalmente influenciaram o tipo de roupa que os vikings vestiam. Apoia a Livros Vikings, saiba como... As condições frias e hostis significavam que qualquer roupa precisava mantê-los quentes e protegidos dos elementos, principalmente naqueles meses mais frios. Porém, as vestes também tinham que ser práticas e flexíveis para serem usadas nas tarefas diárias. Considera-se geralmente que as populações germânicas do norte da Europa usavam o mesmo tipo de roupa ou muito semelhante as dos vikings. Há uma distinção a ser feita entre as roupas que os homens usavam e os tipos de roupas que as mulheres usavam. Suas roupas também eram influenciadas pelo dinheiro e pela importância social. Hierarquias vikings: vestuário como símbolo de status Durante a Era Viking, havia hierarquia social. Aqueles de posições mais altas, normalmente os que tinham mais moedas de prata, conseguiam roupas mais bonitas e de melhor qualidade. Você pode pensar que os vikings não se preocupavam com a moda, mas diz-se que ela desempenha o seu papel. Em primeiro lugar, os nórdicos vestiam-se para mostrar sua posição na comunidade. Quanto maior o status social, maior a qualidade da peça e melhor a sua apresentação. Em segundo lugar, alguns vikings se vestiam para se exibir para o sexo oposto. Cores e padrões Pode-se pensar que as roupas vikings eram feitas apenas por praticidade e de forma sem graça, para combinar com as terras muitas vezes sombrias e cinzas em que viviam. De fato, os especialistas não têm esse entendimento.

FONTE: Life in Norway

Acredita-se que muitas das roupas eram brilhantes e coloridas. Além de preto e branco, os vikings também tinham azul, vermelho, amarelo e várias outras cores para escolher. Mas algumas cores eram mais difíceis de encontrar do que outras. Talvez uma das cores mais importantes em termos de significado seja a vermelha. Essa era uma cor valiosa por prestígio e valor monetário. Era uma das cores mais caras porque derivava de uma raiz de planta, uma que não era nativa da Escandinávia. Para tê-la, os vikings tinham que escambar ou comercializar com outras tribos europeias. Algumas roupas também tinham padrões intricados. Podemos imaginar, a partir dos detalhes encontrados em armas e barcos, o quanto os vikings gostavam de decorar e ornamentar. E isso indica que as roupas estavam longe de serem simples e comuns, talvez alinhadas com a hierarquia ou importância social. O que os homens vikings usavam? As camadas de roupas eram grandes durante a Era Viking. Quer os homens estivessem construindo navios, caçando ou invadindo, era importante que se mantivessem aquecidos durante o trabalho físico. As roupas de base provavelmente eram mais leves e curtas nos meses mais quentes, e mais grossas e compridas durante o escuro do inverno. As cores aqui são desconhecidas, contudo, é provável que variassem entre as cores mencionadas anteriormente. Por cima da camada de base, os homens usavam uma túnica. Provavelmente, essa peça de vestuário era um pouco mais grossa e comprida até os joelhos. Algumas das túnicas podiam ter sido padronizadas ou terem símbolos entrelaçados, dependendo do status social. As calças dos homens eram relativamente simples. Elas não tinham bolsos e podiam ser folgadas ou apertadas. Eram produzidas usando lã ou linho. Talvez sem surpresa, a roupa de baixo fosse feita principalmente de linho. Isso porque o linho é muito mais confortável para a pele do que a lã, embora alguns dos círculos sociais mais baixos provavelmente não tivessem outra opção a não ser usar lã, porque era muito mais barata. Finalmente, quase como a tendência da moda dos anos 80, os homens vikings também usavam perneiras ou envoltórios de lã (winingas), dos joelhos aos tornozelos e pés. Roupas para as mulheres vikings Voltando a nossa atenção para as mulheres, podemos ver algumas diferenças. As vestimentas eram feitas em grande parte com os mesmos materiais, lã e linho, mas eram cortadas de maneira diferente. Para as mulheres, era importante também manter o calor. Uma camada de base consistia em uma roupa de baixo feita de linho que se estendia do ombro até o tornozelo. Essa camada era simples ou padronizada, dependendo de qual comunidade Viking pertencia. Além disso, havia um vestido de lã com alças, cujo comprimento era um pouco menor. As duas camadas eram presas juntas por correias fixas em dois broches de ferro ou bronze. Se uma mulher tivesse uma posição muito alta, ela poderia ter broches de ouro.

FONTE: Life in Norway

Nem as roupas dos homens nem as das mulheres continham botões. Tampouco tinham adições práticas, como bolsos. Entretanto, capuzes ou algum tipo de peça à cabeça, feita de lã ou linho, seriam comuns durante o inverno. Roupas de seda estavam disponíveis, entretanto, como tinham que ser importadas por grandes distâncias, não eram muito usadas. Talvez reservadas apenas para os membros da elite das sociedades vikings. Roupas dos guerreiros vikings O tipo de roupa que os homens usavam em batalha era muito mais robusto. Capas ou túnicas muito mais grossas eram preferidas, talvez feitas de pele de ovelha ou algum de outro animal. No caso das longas viagens, era vital manter-se aquecido à frente ou em batalha ou durante uma invasão. Na batalha, um forte cinto de couro na cintura segurava as armas no lugar e significava que estariam ao alcance em caso de necessidade. O cinto podia segurar um machado, uma espada e outros instrumentos menores nas batalhas ou nas pilhagens. Os homens podiam usar armaduras grossas de couro para proteção e tinham um escudo contra golpes de espada ou machados. Tipicamente, porém, com exceção dos capacetes de metal (sem chifres, é claro), os vikings não tinham armaduras excessivamente pesadas, principalmente porque era um obstáculo à sua capacidade de manobra em batalha. Meias Vikings No inverno, era importante se aquecer, por isso era muito comum os vikings usarem coisas como meias de lã, cachecóis ou até luvas. Esses itens não eram tricotados, mas fabricados com a técnica Nálbinding (encadernação por agulha). Esse processo garantia que as meias, luvas e cachecóis fossem muito mais resistentes e eficientes. Sapatos vikings Era comum que os sapatos Vikings tivessem a altura do tornozelo, embora também fossem usadas botas. Ambos eram feitos de couro em um processo conhecido como 'turnhoe' — costurava-se o sapato de dentro para fora e depois puxa-se até a sua forma final — provavelmente eram presos por pelo menos uma alavanca que daria um melhor ajuste. Embora os sapatos fossem feitos de couro, eles não duravam mais que alguns meses e certamente nunca mais de um ano. A sola, provavelmente se desgastava e exigia a substituição. O tipo de roupa que os vikings usavam era antes de tudo prática. E, como hoje, o que eles usavam mudava de acordo com as estações. Aqueles de posição mais alta ou simplesmente os mais ricos, tinham roupas de melhor qualidade, com padrões ou símbolos. Então, da próxima vez que você vestir ou despir um casaco no inverno, lembre-se dos vikings, um povo com o qual você tem muito mais em comum, do que imagina. FONTE: Life in Norway GUNDERSEN, M. P. Viking Clothes: What Did The Vikings Wear? Life in Norway. Oslo, 01 de abr. de 2020. Disponível em: <https://www.lifeinnorway.net/viking-clothes/>. Acesso em: 07 de abr. de 2020. (Livremente traduzido pela Livros Vikings) Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Viking, assinando a nossa newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp... Siga-nos nas Redes Sociais. #viking #vikings #eraviking #medieval #vikingclothes #roupasvikings #vikingreenactment #recriacionismoviking #livrosvikings

Parceiros:

Modelo Design é parceira da Livros Vikings
Denis Matyis é parceiro da Livros Vikings
Vila Viking Brasil é parceira da Livros Vikings
Walfenda é parceira da Livros Vikings
Hidromel Yggdrasil é parceira da Livros Vikings
O Mercado Viking é um parceiro Livros Vikings
UNIP Ourinhos é parceira da Livros Vkings
Nórdicos Estradeiros são um parceiro Livros Vikings

LIVROS VIKINGS

Av. Paulista 171, 4º andar, Bela Vista, São Paulo-SP, 01310-000

CNPJ: 35.663.864/0001-78 · IE: 128201172111

Prazo máximo de entrega: 30 dias (Brasil)

WhatsApp: +55 (11) 9-8263-4066

PUBLIQUE

EDITAL

BIOGRAFIA

BLOG VIKING

CONTATO

© 2019 por LIVROS VIKINGS. Orgulhosamente criado pela LV-SVO

Código de Defesa do Consumidor

  • RSS Livros Vikings
  • Spotify Livros Vikings
  • Facebook/livrosvikings
  • Instagram/livrosvikings
  • WhatsApp Livros Vikings
  • Livros Vikings no Google
  • Skoob Livros Vikings
  • Youtube Livros Vikings
  • LinkedIn Livros Vikings
0