top of page
Patreon | Torne-se um Patrono
Seja um Patrono Livros Vikings

Pentes de chifre de rena e as rotas comerciais vikings

Uma nova e detalhada pesquisa sobre os pentes de cabelo feitos de chifres de rena desvenda um fascinante capítulo das rotas comerciais da Era Viking.


Pentes de chifre de rena e as rotas comerciais vikings
Um antigo pente de Hedeby feito de chifre de rena da Era Viking. — Crédito da Imagem: Mariana Muñoz-Rodríguez.

Essa descoberta revela conexões profundas entre o norte da Escandinávia e as margens da Europa continental.


Análise biomolecular viking

Liderada por especialistas da Universidade de York, esta pesquisa é fundamental para confirmar a existência das rotas comerciais, tudo graças à análise biomolecular de pentes de chifre de rena encontrados em Hedeby.


Hedeby, que outrora fora o maior centro urbano da Era Viking da Europa, desempenhou um papel crucial na produção de artefatos de chifre.


Com 288.000 descobertas de chifre registradas — a maioria sendo resíduos da fabricação de pentes de cabelo — fica claro que essa era uma atividade artesanal urbana de grande importância nos tempos vikings.


Chifre de rena viking

A análise revelou que impressionantes 85-90% desses pentes eram feitos de chifre de rena.


No entanto, as manadas de renas só eram encontradas no norte da Escandinávia. Isso nos leva a duas intrigantes conclusões: ou os próprios pentes ou os chifres dos quais foram feitos eram importados.



Estudos anteriores revelaram que apenas 0,5% dos resíduos da produção de artefatos de chifre em Hedeby eram de renas, e não existem evidências de fabricação dessa fase inicial.


Portanto, é quase certo que esses pentes tenham sido produzidos em outro local. Isso lança luz sobre a existência de contatos marítimos de longo alcance em grande escala e frequentes entre Hedeby e o Norte, já no ano 800 d.C.


Era Viking na Grã-Bretanha: novas descobertas

O Dr. Steven Ashby, do Departamento de Arqueologia da Universidade de York, enfatiza a importância desta pesquisa para compreender o comércio e as viagens na Era Viking na Grã-Bretanha e na Escandinávia, destacando:


O trabalho em Hedeby é particularmente interessante, pois nos fala sobre as conexões entre as montanhas do interior ou da Escandinávia ártica e essa grande cidade na entrada da Europa continental, e aponta para uma janela no século IX quando esses vínculos do norte devem ter sido particularmente fortes.

Próximos passos

O próximo projeto empolgante da equipe usará análises biomoleculares de artefatos para examinar o movimento e a interação em todo o mundo Viking, desde a Groenlândia até o Báltico.


Para saber mais sobre essas descobertas fascinantes, não deixe de conferir o artigo "In the footsteps of Ohthere: biomolecular analysis of early Viking Age hair combs from Hedeby (Haithabu)”, publicado na prestigiosa revista Antiquity.


Para mais notícias sobre achados arqueológicos e história, continue acompanhando a Livros Vikings. Somos um site dedicado a trazer informações históricas e curiosidades sobre a Era Viking. Se você gostou deste artigo, compartilhe-o em suas redes sociais!


FONTE: University of York

VIKING trade connections stretched over hundreds of kilometres to the Arctic, research shows. University of York. York, 18 de set. de 2023. Disponível em: <https://www.york.ac.uk/news-and-events/news/2023/research/viking-trade-connections-stretched-to-the-arctic/>. Acesso em: 18 de set. de 2023. (Livremente adaptado pela Livros Vikings)


Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Viking, assinando a nossa Newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp...


Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
Livros Vikings na Google News
bottom of page