top of page
Patreon | Torne-se um Patrono
Seja um Patrono Livros Vikings

Quem foi Erik, o Vermelho?

No Século X, um audacioso explorador norueguês, Eiríkr Þorvaldsson, mais conhecido como Erik, o Vermelho, fez história ao estabelecer o primeiro assentamento europeu na Groenlândia, por volta de 985 d.C.


Quem foi Erik, o Vermelho?
"Erik, o Vermelho", xilogravura de um livro publicado na Islândia em 1688.

Além de suas proezas na exploração, Erik também é lembrado como o pai de Leifr Eiríksson, um dos primeiros europeus a alcançarem a América.


A jornada de Erik, o Vermelho

De acordo com as sagas islandesas, a jornada de Erik começou quando ele deixou sua terra natal, a Noruega, junto com seu pai, Þorvaldr, quem havia sido exilado por homicídio.


Mais tarde, por volta de 980 d.C., Erik, que já era apelidado de "Erik, o Vermelho (Eiríkr hinn rauði em nórdico antigo)", devido aos seus cabelos ruivos, também foi exilado da Islândia. Foi então que ele decidiu explorar terras a oeste, mais especificamente, a Groenlândia.


Realize o seu sonho e publique o seu livro pela Livros Vikings Editora.


Em aproximadamente 982 d.C., Erik e um pequeno grupo de homens partiram de Snæfellsjökull, um dos pontos mais ocidentais da Islândia, e alcançaram a costa oposta da Groenlândia.


Este território já havia sido avistado por Gunnbjǫrn Ulfsson, um norueguês do início do Século X. Erik e sua equipe contornaram a ponta sul da Groenlândia e se estabeleceram em uma ilha na foz do Eriksfjord (agora conhecido como Fiorde Tunulliarfik), perto de Qaqortoq (anteriormente Julianehåb).


Durante dois anos, eles exploraram a região oeste e norte, deixando suas marcas ao darem nomes aos lugares, uma forma de estabelecer controle pessoal. Erik escolheu a área interna do Eriksfjord para construir sua, a qual deu o nome de "Brattahlid" (que significa "Encosta Íngreme").


Acreditando que um nome atraente atrairia colonos, ele batizou o país de Groenlândia (Grœnland em nórdico antigo) — Terra Verde.


O Legado de Erik, o Vermelho

Erik retornou à Islândia entre 985 e 986 e suas descrições da nova terra convenceram muitas pessoas a segui-lo e a fundarem uma nova colônia na Groenlândia.


Dos 25 navios que partiram da Islândia, acredita-se que apenas 14 tenham chegado com segurança a uma área posteriormente conhecida como "Eystribygd" (ou "Assentamento Oriental").


Inicialmente, a colônia abrigava entre 400 e 500 colonos, mas nunca chegou a ter mais de 2.000 a 3.000 habitantes.



O legado de Erik, o Vermelho é preservado nas sagas, como a "Eiríks Saga Rauða" (Saga de Erik, o Vermelho) e a "Grænlendinga Saga" (Saga dos Groenlandeses). Essas narrativas épicas contam a história de sua colônia e as interações com a Europa até meados do Século XV, quando a colônia gradualmente desapareceu.


Erik, o Vermelho, desempenhou um papel fundamental na exploração e colonização da Groenlândia, deixando um impacto duradouro na história das explorações europeias na América. Sua coragem e determinação abriram caminho para futuras aventuras no Novo Mundo.


Para mais notícias sobre achados arqueológicos e história, continue acompanhando a Livros Vikings. Somos um site dedicado a trazer informações históricas e curiosidades sobre a Era Viking. Se você gostou deste artigo, compartilhe-o em suas redes sociais!


Fonte: Britannica

WALLACE, Birgitta. Erik the Red: Norwegian explorer. Britannica. Chicago, 05 de ago. de 2023. Disponível em: <https://www.britannica.com/biography/Erik-the-Red>. Acesso em: 04 de set. de 2023. (Livremente adaptado pela Livros Vikings).


Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Viking, assinando a nossa Newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp...


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Livros Vikings na Google News
bottom of page