top of page
Patreon | Torne-se um Patrono
Seja um Patrono Livros Vikings

Descoberta arqueológica realizada em Dublin revela segredos da Era Viking cristã

Uma escavação no centro de Dublin revelou um sítio funerário com mais de cem esqueletos medievais e os restos de uma igreja do Século XI, o que, segundo os arqueólogos, lança luz sobre como a Dublin da Era Viking Tardia se tornou cristã.


Descoberta arqueológica realizada em Dublin revela segredos da Era Viking cristã
Arqueólogos trabalham para desenterrar esqueletos de sepulturas medievais no local da antiga padaria Boland, na Rua Capel, em Dublin. — Crédito da Imagem: PA Images / Alamy

A escavação ocorre dentro das paredes de onde já foi a padaria Boland, uma fábrica de biscoitos da era vitoriana. Os trabalhos são realizados antes da construção de um novo hotel de uma rede com sede em Belfast.


No Século XII, o local fazia parte das terras pertencentes à Abadia de St. Mary, associada às ordens Savigniac e Cisterciense. Fundada em 1139, St. Mary era a maior e mais rica abadia da Irlanda, porém foi demolida após 1540, na sequência da dissolução dos mosteiros por Henrique VIII.


Aprenda sobre os vikings, lendo uma das obras da Livraria Especializada Livros Vikings.


Os arqueólogos que trabalham no local esperam encontrar sepulturas do Século XII, ligadas a St. Mary. Ainda assim, eles descobriram dois esqueletos que são anteriores à fundação de St. Mary, além dos restos de uma construção eclesiástica ainda mais antiga.


A datação por carbono de uma das sepulturas mostra que ela é anterior à Abadia de St. Mary em 100 anos, indicando a presença de um assentamento cristão no local antes de 1139 d.C.


Edmond O'Donovan, diretor de escavações da Courtney Deery Heritage Consultancy, disse:


A maioria dos esqueletos é medieval, datando entre 1200 e 1540, mas definitivamente há dois que têm mil anos. Um deles é identificado por um alfinete em formato de pipa, facilmente datável do Século XI, provavelmente um alfinete de mortalha.

Ele disse que os sepultamentos mostram que quando a abadia foi estabelecida, já existia uma igreja no local, mas que isso não foi documentado anteriormente.


Isso nos diz um pouco sobre a relação entre a população viking tardia e o cristianismo — vemos uma Dublin da Era Viking que se tornou cristã antes da chegada dos anglo-normandos.

A escavação também revelou informações sobre como as pedras da abadia do Século XII foram reutilizadas na construção de uma casa de reuniões presbiteriana no Século XVII, a qual foi substancialmente reconstruída no Século XVIII.


Realize o seu sonho e publique o seu livro profissionalmente, clicando aqui.


O plano de desenvolvimento para o local utilizará elementos da casa de reuniões presbiteriana em seu conceito para um novo bar e restaurante.


As fundações de um estabelecimento comercial, construído por volta de 1700, também foram descobertas na escavação. O comércio pertencia aos colonos que foram para Dublin após o Rei William de Orange ascender ao trono inglês após a Batalha do Boyne em 1690.



Essa descoberta arqueológica oferece uma visão fascinante do passado de Dublin e mostra como essa cidade histórica foi moldada por diferentes culturas e períodos. A compreensão do período de transição entre a Era Viking e a era cristã é valiosa para os estudos históricos da região.


FONTE: The Tablet

MAC DONALD, Sarah. Eleventh-century skeletons found in Dublin excavation. The Tablet. Market Harborough, 12 de jul. de 2023. Disponível em: <https://www.thetablet.co.uk/news/17342/eleventh-century-skeletons-found-in-dublin-excavation>. Acesso em: 19 de jul. de 2023. (Livremente adaptado pela Livros Vikings)


Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Viking, assinando a nossa Newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp... Siga-nos nas Redes Sociais.


Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
Livros Vikings na Google News
bottom of page