top of page
Patreon | Torne-se um Patrono
Seja um Patrono Livros Vikings

Comida Viking

Atualizado: 7 de fev. de 2023

São considerados vikings, os nórdicos, especialmente da Escandinávia (atual Dinamarca, Noruega e Suécia), que do final do Século VIII ao Século XI d.C., invadiram, negociaram e se estabeleceram em partes da Europa, dentre outras localidades ao redor mundo, em um período que ficou conhecido como a Era Viking.


Índice:


Comida Viking
Um cozido "viking" sendo preparado. — Crédito da Imagem: Shutterstock

Comumente descritos como guerreiros destemidos e brutais, os vikings também eram fazendeiros e pescadores talentosos. Eles cultivavam todos os tipos de grãos, incluindo trigo, aveia, cevada e centeio, e cuidavam de pomares para terem maçãs, ameixas e cerejas frescas.


Aprenda sobre os vikings, lendo uma das obras da Livraria Especializada Livros Vikings.


Na estrutura social familiar, o homem geralmente trabalhava na lavoura e pescava durante o dia, enquanto a mulher cuidava da casa, dos filhos e dos animais, se encarregando da maioria dos outros aspectos da vida doméstica.


Ouça o episódio do Viking Cast sobre o "Papel das Mulheres na Era Viking" para saber mais sobre o assunto:



Tipos de Refeição

Normalmente, as refeições ocorriam duas vezes ao dia, sendo a primeira pela manhã (dagmal) e a segunda no final do dia, após o trabalho (nattmal). Existindo como uma sociedade agrícola, a dieta viking típica era bem arredondada e incluía carne, vegetais, frutas e grãos. Renas, cabras, alces, carneiros e aves estavam prontamente disponíveis, mas carne bovina, ovina e suína eram as escolhas preferidas em uma casa viking, ainda que não fosse a mais acessível.


Cozido Viking. — Crédito da Imagem: Shutterstock
Cozido "Viking". — Crédito da Imagem: Shutterstock

A carne era principalmente cozida em ensopados grossos com legumes, sal e temperos, sendo servida com pão sem fermento. A maioria das refeições era preparada em uma lareira no centro da área principal das casas, onde as refeições eram fartas para sustentar o trabalho duro.


Tempero e sabor

Uma abundância de comida significava que eles eram capazes de adicionar interesse e sabor adicionais às suas refeições. Uma variedade de ervas e especiarias, incluindo coentro e cominho, eram frequentemente adicionadas, junto com manteiga que era feita sacudindo pequenos recipientes de barro cobertos com creme em uma pasta macia. O leitelho resultante também era consumido como bebida ou usado para fazer queijo. Legumes, especiarias ou outros ingredientes que não pudessem ser forrageados, caçados ou cultivados, podiam ser trocados ou comprados nos mercados locais.


Realize o seu sonho e publique o seu livro pela Livros Vikings Editora.


Outro produto lácteo popular, o skyr, comparável ao iogurte moderno, era produzido dividindo-se o leite em duas partes, o soro de leite líquido e o skyr mais espesso (semelhante ao iogurte grego). Tinha uma doçura natural e era frequentemente consumido puro ou misturado com mingau ou outros intensificadores de sabor.


Pescados

O peixe era o alimento básico dos vikings e compunha cerca de 25% de suas dietas. Arenque e bacalhau eram abundantes e amplamente consumidos, enquanto enguias e trutas eram pescadas nos lagos de água doce da Europa Continental, usando redes de pesca ou anzóis farpados. Todo o peixe era defumado, conservado ou secado com sal e guardado para viagens longas ou para sustentar uma família durante os invernos rigorosos.


Sobremesa

Durante a Era Viking não existia o conceito de sobremesa — no sentido de se comer algo salgado e finalizar com doce. Era comido o que fosse disponível, misturando as ordens ou por vezes, somente comida doce ou somente salgada.


Ainda assim, os nórdicos de outrora gostavam de comer frutas secas servidas com mel. O mel também era fermentado em um forte hidromel usando fermento selvagem, mel cru e vários aromas, como sabugueiro, cerejas, rosa mosqueta, maçã silvestre, cardamomo ou pimenta.


Aprenda como fazer carne na cerveja e pão da Era Viking com a Prof. Ma. Luciana Campos, pesquisadora do nosso parceiro NEVE:


FONTE: Heritage Daily

SAINT JEAN, Julie. The food of the vikings. Heritage Daily. Saint Albans, 02 de fev. de 2023. Disponível em: <https://www.heritagedaily.com/2023/02/the-food-of-the-vikings/146097>. Acesso em: 03 de fev. de 2023. (Livremente traduzido e adaptado pela Livros Vikings)


Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Viking, assinando a nossa Newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp... Siga-nos nas Redes Sociais.


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Livros Vikings na Google News
bottom of page