Modelo Design - Escola de Arte
Modelo Design - Escola de Arte

UMA BREVE HISTÓRIA SOBRE O VIKING ESMAGADOR DE CRÂNIOS, SWEYN ASLIEFSSON

Ele não era o tipo de homem que uma garota levaria para casa, a fim de conhecer os pais. E, provavelmente, era o tipo de vizinho que, se morasse na casa ao lado, mataria o seu gramado durante a noite.


Uma breve história sobre o viking esmagador de crânios, Sweyn Asliefsson
Lambaborg, a fortaleza viking de Sweyn Asliefsson em Caithness, ao sul da baia de Freswick. Atualmente o lugar é conhecido como o castelo de Buchollie.

Mas, para ser justo, não foi à toa que Sweyn Asliefsson ficou conhecido como o Viking "Definitivo". Para muitos, ele foi simplesmente o "Esmagador de Crânios". Ele foi um guerreiro clássico que dominou a Era Viking. Suas façanhas como saqueador do Século XII são vividamente detalhadas nas sagas nórdicas, incluindo a Saga dos Islandeses e a Saga Orkneyinga.


A Saga de Egil o descreve como um rei do mar que passou o inverno em Gairsay junto com a sua comitiva de oitenta homens. “Seu salão de bebidas era tão grande, que não havia nada em Orkney que se comparava a ele”.


Chegando a primavera, depois de meses de farra e uma vez que suas safras fossem semeadas — porque ele também era do tipo fazendeiro — ele partiria em suas viagens de pilhagem. Ele sempre voltava na época da colheita para apanhar os frutos e planejar a próxima aventura.


Ninguém estava seguro quando Sweyn Asliefsson e seus camaradas estavam em alto mar. Entre a sua tripulação heterogênea estavam criminosos vis conhecidos como Harold, o Mau, Thorstein, o Vermelho, Aud, o Profundo, Skinver, o Robusto e Ljot, o Renegado ... Eles não eram amadores, eram ladrões implacáveis.


Suas histórias não são tão conhecidas como deveriam ser, uma vez que fazem parte intrinsecamente da herança de Caithness.


Durante a Era Viking, um período de 300 anos, digamos do Século IX ao XIII, a história do condado de Caithness estava inextricavelmente interligada com a de Orkney e a de Shetland. Os Earls de Orkney, da qual a província fazia parte, eram os governantes procuradores que agiam em nome dos reis da Noruega.


Publique seu Livro pela Livros Vikings Editora.

Não somente eles, mas todos estavam, naquela época, no centro dos eventos que se desenrolavam. Não é à toa que o condado vizinho se chama Sutherland, as terras do sul...


Diferentemente de hoje em dia, que muitas vezes é chamado de extremo norte, como se fosse uma espécie de posto avançado do império, nos bons e velhos tempos medievais, era em Caithness que tudo acontecia e de onde se irradiavam os eventos.


Sweyn tinga uma casa própria em Caithness. Tem o notável nome de Lambaborg, embora a modernidade prefira chamá-la de castelo Buchollie. Ela está localizada na costa selvagem e proibida ao sul da baía de Freswick.


A História de Caithness de Calder descreve o cenário como “dificilmente será possível conceber um lugar mais sombrio e solitário para se viver, com nada além de rochas nuas escarpadas de um lado, e a perspectiva monótona de um oceano aparentemente interminável do outro. No inverno, e particularmente durante uma tempestade vinda leste, quando o vento e as ondas batem com uma fúria tremenda em torno dela, deve ter ser uma residência horrível”.


Uma residência horrível! É mais do que pode ser dito sobre o ponto de vista dos moradores locais da época…. A Saga Orkneyinga considerou Lambaborg como uma 'fortaleza segura, fortemente construída'. Ela observa que o último viking “cometeu muitos roubos em Caithness, levando o saque à sua fortaleza, tornando-se assim totalmente impopular”.


FONTE: John O’Groat Jounal

THE Viking skullcrusher – Sweyn Asliefsson – had a Caithness place of his own. John O’Groat Jounal. Cidade do Cabo, 16 de mai. de 2021. Disponível em: <https://www.johnogroat-journal.co.uk/news/the-viking-skullcrusher-sweyn-asliefsson-had-a-caithness-237566/>. Acesso em: 17 de mai. de 2021. (Livremente traduzido pela Livros Vikings)


Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Viking, assinando a nossa Newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp... Siga-nos nas Redes Sociais.


#viking #vikings #eraviking #medieval #skullcrusher #sweynasliefsson #livrosvikings