Modelo Design - Escola de Arte
Modelo Design - Escola de Arte

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE OS VIKINGS

Os vikings estão mais populares do que nunca. Com as séries de TV como Vikings e The Last Kingdom, os antigos noruegueses alcançam as novas gerações. Obviamente, há licenças dramáticas nas histórias contadas na tela. É aí que entram os trabalhos arqueológicos e históricos. E graças ao interesse contemporâneo neste tópico, é quase certo que qualquer descoberta relacionada aos vikings seja manchete internacional.



Mas quem foram os vikings? Eles foram berserkers, comerciantes, agricultores ou exploradores? Bem, eles foram tudo, pois os vikings foram pessoas reais com uma cultura organizada e rica, cheia de crenças, tradições, ambições militares e econômicas. É preciso lembrar que foram um grupo multifacetado de seres humanos, vivendo em um mundo complexo.


Quando foi a Era Viking?

O início da era viking, que geralmente está em 800 d.C, aproximadamente, é amplamente baseado no que é entendido por ser um viking. Na época, havia mais de um significado para a palavra viking. Como explicou Judith Jesch:


“Víkingr era alguém que fazia expedições, geralmente no exterior, por via marítima e em um grupo com outros víkingar (o plural). Víkingr não implicava nenhuma etnia em particular e era um termo bastante neutro, que poderia ser usado no próprio grupo ou em outro. A atividade de víking também não é especifica. Certamente poderia incluir invasões, mas não era restrita a isso”.


Mas, a perspectiva geralmente aceita, é que a Era Viking começou quando os nórdicos começaram a invadir outras áreas; assim, muitos estudiosos argumentam que o início das viagens vikings foi em um ataque de 793 d.C., ao mosteiro de Lindisfarne na Inglaterra. Porém, se alguém vir os víkingar pelos olhos dos marinheiros que partiam em expedições, pode-se argumentar que a Era Viking começou mais cedo, pois as pessoas da Noruega navegavam para Ribe, na Dinamarca, em missões pacíficas desde pelo menos 725 d.C.


O fim da Era Viking é oficialmente delimitado pelo ano de 1066, quando o rei norueguês Harald Hardrada morreu na Batalha de Stamford Bridge — a última grande invasão viking à Europa.


A batalha de Stamford Bridge, 1066 por Peter Nicolai Arbo, 1870.

Vikings famosos

As pessoas da Era Viking costumavam ter um apelido descritivo, por exemplo, Sigurd, o Robusto (the Stout) e Thorfill, o Separador de Crânios (Skullsplitter). Às vezes, características pessoais também eram incorporadas aos nomes dos vikings, incluindo Amante, Bom, Curto, Sábio e Longo. Os vikings mais populares acabaram nas Sagas, e muitos desses homens também se tornaram conhecidos nos programas de TV (atualmente, óbvio) — embora suas vidas fossem provavelmente muito menos românticas e mais brutais que na ficção.


Harald "Blåtand" (Bluetooth – Dente Azul) Gormsson foi um rei da Dinamarca e da Noruega que viveu durante o Século X d.C. Ele foi o responsável pela unificação da Dinamarca. Embora a maioria de seus súditos fossem seguidores do paganismo, Harald fez o que pôde para promover o cristianismo em seu reino. Segundo alguns estudiosos, Harald recebeu o apelido de 'Bluetooth' porque tinha um dente podre que parecia azul. Hoje, esse apelido também é o nome de um padrão de tecnologia sem fio. Os criadores acharam que a capacidade de Harald Bluetooth de unir as pessoas em negociações pacíficas seria apropriada para o nome da tecnologia de telecomunicações.


Apoie a Livros Vikings, saiba como...


Eric Haraldsson é considerado um governante da Noruega e da Nortúmbria do Século X. Embora ambos os monarcas sejam geralmente considerados a mesma pessoa, há algumas dúvidas, porque as fontes nórdicas e as anglo-saxônicas nem sempre se combinam. Acredita-se que ele tenha sido filho de Harald Fairhair, um rei polígamo da Noruega. De acordo com as sagas, Eric era o favorito de Harald e, aos 12 anos, recebeu cinco navios e começou a sua carreira viking. Ele primeiro navegou para o leste, invadindo as costas da Dinamarca, Frísia e Saxland, depois navegou para o oeste e invadiu a Escócia e a região ao redor do mar da Irlanda. As Sagas também mencionam que Eric era casado com Gunnhild, que dizem ter sido uma bruxa má e com forte influência sobre o marido.


Ragnar Lothbrok (Lodbrok) é provavelmente o nome Viking com o qual as pessoas estão mais familiarizadas hoje. Ele deveria ter saqueado a Inglaterra e a França, além de ter sido o pai do Grande Exército Pagão. No entanto, como o lendário rei Arthur, Ragnar aparece como uma amálgama de várias personagens históricas e personagens secundárias da lenda. Ele provavelmente foi um senhor da guerra e um Rei da Dinamarca e da Suécia, além do primeiro escandinavo a invadir a Grã-Bretanha. Ele é mencionado em várias sagas, principalmente da Saga de Ragnar Lothbrok e o Gesta Danorum. A Crônica Anglo-Saxônica também se refere a 'Ragnall' e 'Reginherus' como um poderoso e proeminente invasor Viking dos anos 840 d.C. Tanto o nome Ragnar quanto o apelido Lothbrok tiveram muitas variações. "Lothbrok" pode significar "calças peludas" ou "calças desgrenhadas", poisele teria usado calças para combater um dragão ou uma serpente gigante e impedir que ela o mordesse.


Segundo as lendas, Bjorn Ironside governou a Suécia como o primeiro Rei da Casa de Munsö. Ele viveu durante o Século IX d.C., e seu pai era conhecido como Ragnar Lothbrok. A Saga de Ragnar Lodbrok e Seus Filhos afirma que Bjorn e seus irmãos continuaram as atividades de invasão do pai e aterrorizaram as áreas da Inglaterra, Normandia, França e Lombardia. Bjorn e seus irmãos eram os comandantes do Grande Exército Pagão, uma coalizão de guerreiros vikings da Dinamarca e do restante da Escandinávia que lançou várias campanhas militares contra os reinos anglo-saxões durante a segunda metade do Século IX.


Comércio e Economia

A narrativa que rodeava o