Patreon | Torne-se um Patrono
Seja um Patrono Livros Vikings

DESCUBRA COMO O DNA DAS MORSAS PODE REESCREVER A HISTÓRIA VIKING

O marfim de morsas, obtido a partir das presas dos animais, era uma mercadoria muito valorizada em toda Europa e no mundo islâmico durante os tempos medievais. O material era usado em espadas, objetos sacramentais, esculturas, entre outros produtos.


Descubra como o DNA das morsas pode reescrever a história viking
O marfim de morsas, obtido a partir das presas dos animais, era uma mercadoria muito valorizada em toda Europa e no mundo islâmico durante os tempos medievais. — Imagem:Jay Ruzesky

Por muito tempo, cientistas acreditaram que o comércio de marfim medieval era regional, com artesãos na Escandinávia usando presas da Groenlândia e profissionais da Rússia e Ucrânia obtendo o marfim do Ártico russo. Um novo estudo publicado na revista Proceedings of the Royal Society B., no entanto, reescreve essa história.


Pesquisadores da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia analisaram o DNA de pequenas esculturas de marfim e outros ossos de morsa recuperados de uma região na Ucrânia que, no passado, abrigou um centro comercial viking. Os objetos haviam sido encontrados em 2007, mas seguem sendo estudados ainda hoje.


Clique aqui e torne-se um escritor de sucesso, publicando o seu livro.


E lá estava uma grande revelação: o marfim das morsas remetia a um grupo de animais conhecido por viver apenas na Groenlândia e no leste do Canadá. Algumas amostras também apontavam para a região da Islândia. Além disso, cortes encontrados em fragmentos de crânio lembravam marcas já encontradas em peças escandinavas. O norte da Rússia ficou para trás.


O novo estudo ajuda a elucidar outra questão: pesquisadores já haviam notado que os crânios de morsas da Groenlândia encontrados na Europa foram diminuindo entre os anos 1000 e 1400. Ao que tudo indica, a oferta do animal estava diminuindo, fazendo com que os vikings optassem por morsas fêmeas e menores.


Agora, está explicada a diminuição dos animais. Esses mamíferos não eram caçados apenas para suprir as necessidades da Europa Ocidental, mas também a região da Europa Oriental e, provavelmente, até mesmo o mundo islâmico.


Clique aqui e aprenda sobre os vikings, lendo uma das obras disponíveis na Livraria Livros Vikings.


Os cientistas acreditam que, com a diminuição da oferta de morsas, a população também foi incentivada a abandonar as colônias nórdicas da Groenlândia entre os anos 1300 e 1400. Era hora de encontrar o material “de milhões” em outro lugar.


FONTE: Gizmodo

FIORATTI, Carolina. Como o DNA das morsas pode reescrever a história viking. Gizomodo. São Paulo, 22 de abr. de 2022. Disponível em: <https://gizmodo.uol.com.br/como-o-dna-de-morsas-pode-reescrever-a-historia-viking/>. Acesso em: 23 de abr. de 2022.


Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Viking, assinando a nossa Newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp... Siga-nos nas Redes Sociais.


#viking #vikings #eraviking #medieval #arqueologia #ciência #pesquisa #morsa #marfim #marfimdemorsa #dna #história #históriaviking #livrosvikings

Livros Vikings na Google News