Modelo Design - Escola de Arte
Modelo Design - Escola de Arte

BARCO FUNERÁRIO VIKING FOI ENCONTRADO AO LADO DE UMA IGREJA NA NORUEGA

Locais de enterro fora das igrejas rurais não são incomuns na Noruega. Mas, arqueólogos do Instituto Norueguês de Pesquisa do Patrimônio Cultural (NIKU) descobriram um túmulo diferente a poucos metros da igreja Edøy, na ilha de Edøya, no oeste da Noruega.


Último navio viking descoberto na Noruega foi encontrado ao lado de uma igreja
FONTE: Forbes

Usando a avançada tecnologia georadar, a equipe detectou vestígios de um enterro em navio e de um assentamento, que provavelmente datam do período merovíngio ou viking.


De grande significado histórico

“Isso é incrivelmente emocionante. E, novamente, é a tecnologia que nos ajuda a encontrar mais um navio. A medida que a tecnologia avança, estamos aprendendo cada vez mais sobre o nosso passado”, disse o Dr. Knut Paasche, chefe do departamento de arqueologia digital da NIKU.


Paasche é especialista em navios vikings e disse que a nova descoberta será "de grande significado histórico". Embora muitas sepulturas de navios vikings tenham sido encontradas ao longo dos anos, apenas três navios bem preservados foram escavados.


Pensa-se que os enterros em navios vikings foram reservados para pessoas com status significativo na comunidade. Descobertas como essa trazem novos conhecimentos sobre a importância de lugares específicos durante a Era Viking.


A cova tem mais de 1.000 anos

No ano passado, a mesma tecnologia georadar foi usada para encontrar o túmulo de um navio Viking em Gjellestad. Uma escavação subsequente no início deste ano revelou que parte da quilha estava intacta e em boas condições.


A descoberta em Edøya tem semelhanças com a descoberta de Gjellestad. Ambos os navios estavam localizados logo abaixo da parte superior do solo, no que anteriormente fora um monte para enterros. No centro do monte de 18 metros de diâmetro, uma quilha de 13 metros de comprimento é claramente visível nos dados do georadar. É muito cedo para datar adequadamente o navio, porém, os arqueólogos estão confiantes de que o navio tenha mais de 1.000 anos.


Nos arredores do navio, os arqueólogos também descobriram o que parece ser vestígios de um assentamento.


Tecnologia moderna de georadar — e um pouco de sorte

O "navio Edøy", como está sendo apelidado pela NIKU, é o mais recente de uma série de descobertas feitas com uma abordagem de prospecção arqueológica que tira proveito das medições de georadar em alta resolução e em larga escala. A tecnologia foi desenvolvida pelo instituto de pesquisa LBI ArchPro e seus parceiros, incluindo a NIKU, usando a tecnologia da Guideline Geo.


Foto aérea de onde a cova (vermelho) e os traços de assentamento (amarelo) foram vistos
Foto aérea de onde a cova (vermelho) e os traços de assentamento (amarelo) foram vistos. - FONTE: Forbes

Apesar do recente sucesso da tecnologia, houve um elemento de sorte na última descoberta. Os chefes do conselho local de Smøla e as autoridades do condado de Møre og Romsdal pediram à NIKU para realizar pesquisas em Edøya no ano passado. Após resultados promissores, a equipe voltou a Edøya para pesquisar a terra ao redor da igreja.


“Na verdade, tínhamos um perímetro acordado, mas sobrou-nos tempo e decidimos fazer uma pesquisa rápida em outro área. Acabou sendo uma ótima decisão”, disse o arqueólogo Manuel Gabler.


Os arqueólogos da NIKU agora planejam investigar mais partes de Edøya, possivelmente através de um projeto de pesquisa com as autoridades locais. A equipe também espera novas descobertas em outros lugares da Noruega, pois há muitas áreas promissoras de grande importância histórica.


FONTE: Forbes

NIKEL, David. Viking Ship Grave Found Next To Island Church In Norway. Forbes, Nova York, 22 de nov. de 2019. Disponível em: <https://www.forbes.com/sites/davidnikel/2019/11/22/viking-ship-grave-found-next-to-island-church-in-norway/#18971b49344c>. Acesso em 22 de nov. de 2019. (Livremente traduzido pela Livros Vikings).


Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Viking, assinando a nossa Newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp... Siga-nos das Redes Sociais.