• Livros Vikings

A INCRÍVEL HISTÓRIA SOBRE COMO A BAÍA VIKING (VIKING BAY, REINO UNIDO) RECEBEU ESSE NOME

Em 1949, cinquenta e três dinamarqueses partiram da Dinamarca para Broadstairs e mudaram a geografia de Thanet para sempre.


A baía mais famosa de Broadstairs nem sempre foi associada aos vikings

Nos fins de semana e nos feriados, milhares de pessoas se reúnem nas praias de Thanet para aproveitar o clima agradável. A Baía Viking de Broadstairs, particularmente, sempre está ocupada por multidões que se estendem para além do alcance dos olhos.


Embora a grande maioria das pessoas esteja seguindo a quarentena, foi estranho ver, no último fim de semana, as aglomerações que se formaram durante esta pandemia e, ainda mais decepcionante, foi terem protagonizado uma briga em massa.


No entanto, é improvável que muitas pessoas socialmente espalhadas pela baía parassem para ponderar sobre como o local recebeu esse nome. E, ao contrário da crença popular, não é porque foi o primeiro lugar em que os vikings desembarcaram, há centenas de anos.


Apoie a Livros Vikings, saiba como...


Esta é a fascinante história de como a Baía Viking recebeu esse nome:


Irmãos vikings

A história da Baía Viking começa em 449 d.C., quando os lendários irmãos Vikings Hengist e Horsa chegaram a Kent, nas margens da Baía Pegwell. Os irmãos gostaram tanto do que viram na ilha de Thanet, que juraram lealdade a Vortigern, Rei dos Bretões, e o serviram como mercenários. No entanto, esse arranjo não durou, pois Horsa foi morto pelos britânicos em uma batalha, deixando Hengist, quem decidiu se vingar, e conquistar Kent para si. E ele conseguiu, se tornado o primeiro Rei Jutish de Kent.


Hugin

Multidões se reuniram ao longo da costa de Thanet para assistir o navio

Após a morte de Hengist, a história de sua conquista lendária se transformou em uma lenda por 1500 anos. No entanto, em 1949, o governo dinamarquês lançou um plano ambicioso para comemorar a invasão Viking da Grã-Bretanha de 449 d.C. Eles construíram um autêntico Navio Viking Gokstad, chamado Hugin e navegaram da Dinamarca para Broadstairs com 53 tripulantes.


Quando o barco atracou na antiga Baía Central em Broadstairs, o noticiário de Kent proclamou as boas-vindas aos invasores vikings. A partir desse dia, A Baía Central de Broadstairs ficou conhecida como a Baía Viking.


Um presente do governo dinamarquês

Hugin pode ser visto até hoje na região

O navio que chegou naquele dia de 1949 acabou retornando à Dinamarca, mas não antes que uma réplica em escala real fosse feita e presenteada ao povo de Thanet pelo governo dinamarquês.


Essa réplica pode ser vista até hoje. Fica no caminho da praia ao longo de Cliffsend.


FONTE: Kent Live

JAMES, John. The amazing story of how Viking Bay got its name. Kent Live. Kent, 28 de mai. de 2020. Disponível em: <https://www.kentlive.news/news/nostalgia/amazing-story-how-viking-bay-4173105>. Acesso em: 28 de mai. de 2020. (Livremente traduzido pel Livros Vikings)


Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Vikings, assinando a nossa Newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp... Siga-nos nas Redes Sociais.


#viking #vikings #eraviking #medieval #kent #vikingbay #reinounido #vikingsnoreinounido #livrosvikings

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo