• Livros Vikings

5 FATOS SOBRE AS CIVILIZAÇÕES NÓRDICAS, INCLUINDO A VIKING

Uma das civilizações e culturas mais conhecida e respeitada da Europa é a nórdica, um povo que existe desde antiguidade. Os nórdicos são uma das etnias de maior influência em solo europeu, mesmo hoje.


5 fatos sobre as civilizações nórdica, incluindo a viking
Fonte da Imagem: Baltic Media

Aqui, discutiremos alguns fatos sobre essa região, abordando a história que moldou os países escandinavos modernos.


1. História repleta de mitologia

Os nórdicos são conhecidos por várias mitologias e histórias profundamente enraizadas na vida de seus ancestrais. A página Life in Norway escreveu que seu legado pode ser rastreado até o final da era do gelo, 11 mil anos atrás.


No final da idade do gelo, mais de 10 mil anos atrás, quando o manto de gelo começou a derreter maciçamente, começou a idade da pedra. Foi nessa época que as antigas populações nórdicas e escandinavas começaram a surgir. O mais antigo europeu conhecido é o Homem de Koelbjerg, cujos fósseis foram encontrados no fundo do pântano Koelbjerg, na Dinamarca.


Excepcionalmente, as antigas civilizações nórdicas e escandinavas não podem ser separadas de suas mitologias. Inicialmente, eles eram pagãos e adoravam muitos deuses como Thor, Odin, Loki e Freya. A mitologia nórdica relata que os deuses inspiraram o surgimento dos vikings e, por conseguinte, o seu domínio europeu.


2. Os termos nórdico e escandinavo têm significados diferentes

Provavelmente há muitas pessoas que igualam o nórdico ao escandinavo. No entanto, com base na geopolítica e na história, parece que os dois podem ser distinguidos claramente. De acordo com a página de Scandinavia Facts, o povo nórdico está associado aos europeus do norte em geral, o que inclui os escandinavos.


É por isso que os escandinavos também são conhecidos como nórdicos, uma população enraizada nas mesmas história e cultura. A Escandinávia é uma península localizada no norte da Europa, abarcando principalmente a Noruega, a Suécia e a Dinamarca.


Publique seu livro pela Livros Vikings Editora

No acordo das antigas nações europeias, a região escandinava foi dividida em três partes principais, a saber, Dinamarca, Noruega e Suécia. No entanto, nos tempos modernos, há seis novos territórios adicionais que são: Finlândia, Ilhas Faroé, Groenlândia, Islândia, Ilhas Aland e Svalbard.


Em outras palavras, a Escandinávia moderna é composta por nove países nórdicos. As ilhas Aland estão sob a administração finlandesa, já Svalbard está sob proteção norueguesa. Em princípio, as raízes nórdicas podem ser determinadas como escandinavas, mas nem todos os povos nativos da região podem ser classificados como escandinavos.


3. A Era Viking

Conforme observado no portal Ancient, os vikings eram marinheiros escandinavos que consistiam em noruegueses, dinamarqueses e suecos. Em sua história, os vikings são famosos por seus movimentos invasivos em várias partes da Europa, a partir dos anos 700 d.C. Por muito tempo, os vikings dominaram grande parte da Europa, até aproximadamente 1100 d.C.


É certo que todos os vikings eram escandinavos, mas nem todos os escandinavos eram vikings. O próprio termo Viking se refere à habilidade do povo escandinavo de navegar pelos vastos oceanos e rios em busca de riqueza e glória. Talvez haja muitas pessoas que pensem erroneamente que os vikings são sinônimos de bárbaros saqueadores.


No entanto, estudos recentes mostram que nem todos os vikings eram bárbaros. Existem muitos escandinavos, incluindo vikings, que apenas negociavam com outros países. Naquela época, os vikings que não eram invasivos eram conhecidos como nórdicos. Mesmo assim, as forças vikings de guerra eram consideradas uma das mais poderosas da Europa.


As tropas vikings eram realmente famosas por sua habilidade de lutar ferozmente. Antes dos combates, alguns guerreiros conhecidos como berserkir, entravam em transe, perdendo a noção de dor e cansaço, a fim que continuassem agindo brutalmente contra os inimigos à sua frente.


4. O cristianismo e o declínio do paganismo

A exploração massiva pelos vikings aparentemente também os levou a uma nova experiência espiritual, completamente diferente de suas antigas crenças. A BBC, em seu site, escreveu que o cristianismo em todos os países escandinavos funcionou por causa da disseminação pelos próprios vikings.


A partir do Século VIII, o cristianismo começou a se espalhar por várias áreas da Escandinávia. Na Dinamarca, as arquidioceses foram fundadas em 1104. Enquanto na Noruega e na Suécia em 1154 e 1164, respectivamente. Demorou até que as antigas crenças pagãs desaparecessem.


Ainda segundo a BBC, antigas construções pagãs e locais de culto foram gradualmente se transformando em igrejas. A crença pagã dos antigos povos era inerente à sua cultura e era passada de geração em geração. Uma das histórias mais famosas da mitologia nórdica é a do Deus Thor e seu martelo, Mjolnir.


Hoje, em sua maioria, os escandinavos não têm mais crenças pagãs. Depois de se converterem ao cristianismo, o emblema e a bandeira dos países foram alterados para uma cruz escandinava. É por isso que todas as bandeiras modernas dos países escandinavos têm uma cruz, sendo distintas apenas pelos padrões de cores.


5. Os países da Escandinávia moderna são ricos e com igualdade social

É bem sabido que os países escandinavos modernos, como a Noruega, Suécia, Finlândia e Dinamarca são acima da média. Na verdade, de acordo com dados compilados na página The Conversation, os escandinavos não apresentam disparidades econômicas significativas.


Adquira seu exemplar de Oluap, a unificação com preços de Black Friday, corra, senão acaba!

Isso significa que não há desigualdades na sociedade escandinava. Sim, você poderia dizer que a renda média dos escandinavos é realmente muito alta. O Banco Mundial e o Statista em seus sites observam que a renda per capita média dos nórdicos gira entre 55 mil e 90 mil dólares americanos por ano. Isso significa que o cidadão escandinavo médio tem uma renda de 300 mil a 490 mil reais por ano, cerca de 33 mil reais por mês em média.


Além disso, os países escandinavos também provaram ser modelos para outros países em termos de conforto e segurança. Da mesma forma, na prevenção da corrupção, apresentando níveis muito baixos de corrupção, quase zero. São essas coisas que tornam os países nórdicos capazes de serem ricos, confortáveis ​​e seguros.


FONTE: IDN Times

ANGGARA, Dahli. 5 Fakta Sains tentang Peradaban Nordik yang Menguasai Tanah Eropa. Jacarta, 23 de mar. de 2021. Disponível em: <https://www.idntimes.com/science/discovery/dahli-anggara/fakta-sains-peradaban-nordik-c1c2/5>. Acesso em: 23 de mar. de 2021. (Livremente traduzido pela Livros Vikings)


Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Viking, assinando a nossa Newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp... Siga-nos nas Redes Sociais.


#viking #vikings #eraviking #medieval #rendapercapta #igual #escandinávia #suécia #noruega #dinamarca #livrosvikings

167 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo