top of page
Patreon | Torne-se um Patrono
Seja um Patrono Livros Vikings

Novo assentamento da Era Viking é descoberto junto de ossos humanos na Estônia

Os arqueólogos fizeram uma descoberta surpreendente durante a escavação realizada antes do início das obras em uma estrada na Estônia.


Novo assentamento da Era Viking é descoberto junto de ossos humanos na Estônia
Uma imagem de arquivo ilustra um arqueólogo realizando escavações em restos humanos. Durante uma escavação na Estônia, os arqueólogos fizeram uma descoberta importante: encontraram vestígios de um assentamento da era Viking e, além disso, desenterraram 11 esqueletos humanos de um período posterior, embora estes não estejam visíveis na imagem. — Crédito da Imagem: iStock

Eles encontraram vestígios de um assentamento da Era Viking e uma coleção de esqueletos humanos de um período subsequente.


A fascinante história dos vikings

Uma equipe de pesquisadores fez essas descobertas nas proximidades da igreja paroquial da pequena localidade rural de Viru-Nigula, no norte da Estônia, uma das nações bálticas que compartilha fronteira com a Rússia.



Os vikings navegavam pelos mares, realizando incursões, colonizações e comércio em diversas regiões da Europa do final do Século VIII ao final do XI. Eles chegaram a locais distantes, como o norte da África, Oriente Médio e a América.


Compreendendo o passado através dos vestígios em Viru-Nigula

No sítio de Viru-Nigula, os arqueólogos descobriram a presença de um assentamento da Era Viking, como evidenciado por diversos restos encontrados, o quais segundo Martin Malve, um dos pesquisadores e especialista em ossos das escavações:


Encontramos numerosos fragmentos de cerâmica, pregos e ossos de animais, incluindo ossos de peixes e aves, entre outros artefatos [...] Essa diversidade de materiais é de grande valor para nossas pesquisas. Através desses vestígios, podemos obter insights sobre a dieta das pessoas da época e os utensílios que utilizavam [...] Além disso, estamos coletando amostras do solo da região com o objetivo de identificar resíduos de plantas, o que nos proporcionará informações detalhadas sobre suas práticas agrícolas.

Como os antigos lidavam com as lesões ósseas?

Além disso, os arqueólogos desenterraram 11 esqueletos humanos nas proximidades da parede da igreja.


Esses restos pertencem a um período posterior, e quatro deles provavelmente foram enterrados em uma vala comum. Estimativas preliminares indicam que essas pessoas foram sepultadas entre os Séculos XVI e XVIII.


Realize o seu sonho e publique seu livro pela Livros Vikings Editora.


As evidências provenientes dos ossos fornecerão aos pesquisadores informações valiosas sobre como as lesões e as doenças eram tratadas na época, tal qual Malve explica:


Há diversas patologias interessantes, como fraturas e lesões ósseas, que são fascinantes de observar em minha área de atuação [...] Um dos esqueletos tem uma fratura no fêmur, por exemplo. Será interessante ver como essa pessoa lidou com isso. Claramente, alguém teve que cuidar e tratá-lo [...] Existe a percepção de que, naquela época, as pessoas não sobreviviam a esses tipos de fraturas graves, mas na verdade conseguiram superá-las. Claro, não eram tratados em hospitais e recuperados como hoje em dia, mas se curaram bem.

Para mais notícias sobre achados arqueológicos e história, continue acompanhando a Livros Vikings. Somos um site dedicado a trazer informações históricas e curiosidades sobre a Era Viking. Se você gostou deste artigo, compartilhe-o em suas redes sociais!


FONTE: Newsweek

GEORGIOU, Aristos. Archaeologists Discover Viking-Era Settlement and Human Skeletons. Nova Iorque, 02 de out. de 2023. Disponível em: <https://www.newsweek.com/archaeologists-discover-viking-era-settlement-human-skeletons-1831504>. Acesso em: 03 de out. de 2023. (Livremente adaptado pela Livros Vikings)


Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Viking, assinando a nossa Newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp...


コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
Livros Vikings na Google News
bottom of page