top of page
Patreon | Torne-se um Patrono
Modelo Design - Escola de Arte

UMA FLECHA DE 1500 ANOS E OUTRA DA ERA VIKING FORAM DESCOBERTAS NA NORUEGA

Exploradores noruegueses encontraram as flechas após exposição pelo degelo.


Uma flecha de 1500 anos e outra da Era Viking foram descobertas na Noruega
Esta flecha data do Século VI d.C., anterior a Era Viking em centenas de anos. — Crédito da Imagem: Espen Finstad/Secrets of the Ice
Publique seu livro pela Livros Vikings Editora

A 'maravilhosa' flecha de 1500 anos foi descoberta em um pedaço de gelo derretido nas montanhas Jotunheimen, na Noruega, no condado de Innlandet, no último 17 de agosto.


Tem um fuste feito de pinho e uma ponta de ferro intactos, embora as penas — do arranjo em forma de barbatana — não existam mais.


Os exploradores afirmam que tem um estado de preservação "incrível", pois o gelo agiu como um "congelador pré-histórico".


A mudança climática e o derretimento do gelo estão transformando as manchas de gelo da Noruega em 'geleiras de tesouro', expondo muitos objetos de um passado distante.


A flecha remonta ao Século VI d.C., o que antecede a Era Viking em algumas centenas de anos.


Os pesquisadores também encontraram uma segunda flecha, a qual não é tão antiga — provavelmente do Século IX d.C. — porém, menos preservada.


Ambas foram encontradas nas Montanhas Jotunheimen pelos especialistas do Secrets of the Ice (Segredos do Gelo), parte do Programa de Arqueologia das Geleiras do Departamento de Patrimônio Cultural do Conselho do Condado de Innlandet.


A primeira flecha foi encontrada na quarta-feira passada, durante uma pesquisa sistemática do solo recém-exposto, próximo de uma mancha de gelo em recuo (uma geleira imóvel) .

- Lars Pilø, cofundador da Secrets of the Ice, ao MailOnline.


A flecha pode ser datada pela forma da ponta, pois esse tipo de ponta de flecha é conhecido a partir de contextos arqueológicos bem datados nas terras baixas.

A mesma coisa vale para a haste da flecha, onde o tipo é conhecido a partir de achados em pântanos da Dinamarca.

Pode ser bastante confuso, então veja como os artefatos do gelo estão bem preservados, pois eles não parecem antigos. O gelo atua como um profundo freezer pré-histórico. 'De certa forma, os objetos não envelheceram, e não precisam de muita restauração, apenas de uma leve limpeza'.

A primeira flecha estava entre seixos — um acúmulo de pedras soltas ou detritos rochosos na base de um penhasco.


A primeira flexa deve ter sido exposta várias vezes antes de se perder, ainda assim está muito bem preservada. — Crédito da Imagem: Espen Finstad/Secrets of the Ice
A primeira flexa deve ter sido exposta várias vezes antes de se perder, ainda assim está muito bem preservada. — Crédito da Imagem: Espen Finstad/Secrets of the Ice

Foi encontrada perto da borda inferior do gelo, mas provavelmente foi perdida mais acima na neve da encosta há 1.500 anos.


Quando a neve derreteu, a flecha foi transportada ladeira abaixo pela água do degelo e acabou no chão, onde foi encontrada na semana passada, explicou o Secrets of the Ice em um tópico no Twitter.


Provavelmente, foi exposta algumas vezes depois de se perder na neve, pois as penas, o tendão e o alcatrão — usados ​​para prender a ponta da flecha ao eixo — não estão perfeitamente preservados. Ainda assim, o estado geral de preservação da flecha é 'bastante impressionante'.


Aprenda sobre os vikings lendo uma das obras da Livraria Especializada Livros Vikings.


Há também parte do alcatrão que teria colado as penas na haste da flecha, bem como o entalhe 'espessado' da extremidade, que servia para prender a corda do arco.


Pilø disse que onde a flecha foi encontrada é um local de caça de renas, o qual fica a mais de 6.500 pés de altitude (2.000 metros).


As renas iam para o gelo e à neve nos dias quentes para evitar as moscas, que poderiam depositar ovos em suas carnes.


Os caçadores antigos sabiam disso e as caçavam na neve. 'Quando os caçadores erravam o alvo, a flecha podia desaparecer na neve e se perder'.

- Pilø ao MailOnline.


A segunda flecha está menos preservada e data do Século IX, ou seja, da Era Viking. — Crédito da Imagem: Espen Finstad/Secrets of the Ice
A segunda flecha está menos preservada e data do Século IX, ou seja, da Era Viking. — Crédito da Imagem: Espen Finstad/Secrets of the Ice

Enquanto isso, a segunda flecha está um pouco menos preservada, com a ponta mal presa ao eixo, embora ainda exista um pequeno pedaço de pena.


Perto da ponta, a segunda flecha tem casca de bétula enrolada em torno dela, o que originalmente teria ajudado a prender a flecha ao eixo — algo que apenas os vikings faziam. Está menos preservada porque provavelmente foi exposta por um período mais longo.


Outros objetos foram encontrados nas montanhas Jotunheimen este ano, disse Pilø, incluindo ossos, chifres de animais e os restos de bastões assustadores — bastões finos com um objeto móvel preso na ponta, que poderiam ser usados ​​para caçar renas.


FONTE: Daily Mail

CHADWICK, Jonathan. 1,500-year-old pre-Viking arrow is found in an 'awesome' state of preservation - as rapidly melting ice reveals contents of Norway's 'treasure glaciers'. Daily Mail. Londres, 22 de ago. de 2022. Disponível em: <https://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-11133589/1-500-year-old-pre-Viking-arrow-awesome-state-preservation.html>. Acesso em: 22 de ago. de 2022. (Livremente traduzido e adaptado pela Livros Vikings)


Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Viking, assinando a nossa Newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp... Siga-nos nas Redes Sociais.


Livros Vikings na Google News
bottom of page