top of page
Patreon | Torne-se um Patrono
Modelo Design - Escola de Arte

MOEDA DA ERA VIKING USADA COMO PINGENTE CRISTÃO FOI ENCONTRADA NA INGLATERRA

Um centavo memorial de St. Edmund, possivelmente utilizado por um viking para "anunciar o seu cristianismo", foi encontrado por um detector de metais.


Moeda da Era Viking usada como pingente cristão foi encontrada na Inglaterra
A moeda de prata foi transformada em um pendente, de maneira a mostrar a cruz. — Imagem: Norfolk County Council

O rei anglo-saxão foi morto pelos vikings em 869 d.C. e, pouco depois, foi canonizado. O numismata Adrian Marsden disse que os vikings, dentro de duas gerações, passaram de matarem Edmund a "criarem moedas em seu nome", para simbolizar as suas conversões ao cristianismo. A moeda de prata (890-915 d.C.) foi encontrada em Congham, perto de King's Lynn. O Norfolk Coroner's Court a declarou um tesouro.


Essas moedas do tesouro do Rei Edmund foram descobertas em Worlington em Suffolk — são menores que as moedas de 5 centavos. — Imagem: Norfolk County Council
Essas moedas do tesouro do Rei Edmund foram descobertas em Worlington em Suffolk — são menores que as moedas de 5 centavos. — Imagem: Norfolk County Council
Os centavos memoriais de St. Edmund foram usados pelos vikings que se tornavam cristãos para anunciarem o cristianismo.

- Marsden, do Norfolk Historic Environment Service.


Na década de 910 d.C., quando esta moeda foi cunhada, o Rei Eduardo, o Velho, movia-se aos leste e norte para reconquistar a East Anglia, que os vikings mantinham desde o Rei Edmund.

A Crônica Anglo-Saxônica descreve como os escandinavos formavam grandes exércitos para invadirem, conquistarem e invernarem na Inglaterra desde 865 d.C. Eles lutaram e mataram o Rei Edmund, cujo corpo foi sepultado em Bury St. Edmunds, Suffolk.


Publique seu livro pela Livros Vikings Editora, clicando aqui.


Um martelo de Thor foi descoberto fora de Thetford. Hoje ele está em exibição na exposição viking do Ancient House Museum. — Imagem: Norfolk County Council
Um martelo de Thor foi descoberto fora de Thetford. Hoje ele está em exibição na exposição viking do Ancient House Museum. — Imagem: Norfolk County Council

֍ ֍ ֍


Detecção de Metais e a lei

Segundo o Portable Antiquities Scheme, a lei quanto aos achados arqueológicos e a detecção de metais versa:


  • Nenhuma busca pode começar até que a permissão seja dada pelo proprietário do terreno;

  • Todos os achados pertencem ao proprietário;

  • Qualquer achado na Inglaterra, País de Gales e Irlanda do Norte com mais de 300 anos, feito de ouro ou prata, ou encontrado com artefatos de ouro ou prata, pode ser um tesouro, sob a Lei do Tesouro de 1996;

  • Estes devem ser relatados ao oficial de ligação de achados do condado apropriado.


֍ ֍ ֍


Uma vez que Alfredo, o Grande, derrotou o Grande Exército em Edington em 878 d.C., o senhor da guerra Guthrum recuou para East Anglia, onde foi governado sob a lei e os costumes escandinavos, conhecidos como Danelaw.


Clique aqui para aprender sobre os vikings, lendo uma das obras da Livraria Especializada Livros Vikings.


No entanto, em pouco tempo, moedas de prata foram cunhadas em nome de Edmund, possivelmente encorajadas por Guthrum, que havia sido forçado a se converter ao cristianismo. Segundo Marsden:


Embora possam ter se tornado cristãos, ainda precisavam ser conquistados por Eduardo, o Velho, filho de Alfredo, o Grande.

Então talvez um viking cristão, cujo pai usasse um martelo de Thor, carregasse a moeda com a cruz para transmitir sua conversão — esse pingente tem uma história por trás.

O Norwich Castle Museum espera adquirir a moeda.


FONTE: BBC

A VIKING'S penny pendant is found near King's Lynn. BBC. Londres, 07 de ago. de 2022. Disponível em: <https://www.bbc.com/news/uk-england-norfolk-62325754>. Acesso em: 08 de ago. de 2022. (Livremente traduzido e adaptado pela Livros Vikings).


Seja uma das primeiras pessoas a receber as novidades do Mundo Viking, assinando a nossa Newsletter ou adicionando-nos em seu WhatsApp... Siga-nos nas Redes Sociais.


Livros Vikings na Google News
bottom of page